Fale connosco

a sua mensagem foi enviada

A vantagem do exclusivo

16 de Jul de 2021

No momento de definir a estratégia de venda do seu imóvel, as vantagens de recorrer a um profissional já são sobejamente conhecidas. No entanto, diferentes marcas têm diferentes estratégias e regimes de angariação. Se algumas – cada vez menos – trabalham em regime “aberto”, o regime de exclusividade traz-lhe um leque de vantagens. Ainda tem dúvidas? Pois bem, neste artigo damos-lhe a conhecer a vantagem do exclusivo.


Num mercado altamente competitivo, vender ou arrendar no menor espaço de tempo e pelo melhor preço de mercado possíveis nem sempre é fácil. Com este objetivo em mente, é natural que os proprietários se sintam tentados a aceitar contratos de não-exclusividade, já que isso lhes pode transmitir a ideia de potenciar os resultados. Mas será mesmo assim?


Ora, assinar um contrato de exclusividade com uma Agência imobiliária significa, de forma muito resumida, que ela é a única responsável pelo processo de mediação. E as vantagens disso são reais.


RESPONSÁVEL ÚNICO

O facto de ter um único responsável significa ter alguém que vai fazer (praticamente) tudo por si, ou seja, não vai precisar de estar a repetir a mesma informação vezes sem conta, não vai ter de receber na sua casa vários Consultores Imobiliários, não vai ter de repetir várias reportagens fotográficas, não vai ter de entregar a documentação necessária várias vezes, não vai ter diferentes estratégias de vendas (que se podem anular umas às outras) para o seu imóvel. Ou seja, a venda do seu imóvel vai absorver muito menos do seu tempo, além de poupá-lo a repetir processos burocráticos. Mas terá também um profissional experiente a fazer a qualificação dos potenciais compradores (e visitantes do imóvel) mediante rigorosos critérios previamente definidos – e que serão sempre os mesmos.


DEDICAÇÃO

No seguimento do tópico anterior, é também percetível que, tendo um responsável único, o Consultor Imobiliário vai dedicar-se mais e empenhar-se de forma diferente no objetivo: a transação. Ora, se está focado no retorno quer vai ter – porque o seu rendimento depende da concretização do negócio – e se trabalha em regime de exclusividade (o risco é menor) ele próprio (não só a Agência) vai investir mais e melhor na promoção do seu imóvel. Porque o sucesso depende apenas dele e, sendo exclusivo, há muito maior probabilidade de obter retorno. Mas não só. Sendo o único interlocutor, é ele quem lhe dará o feedback e fará toda a gestão do processo e, também por isso, a relação com o proprietário é necessariamente reforçada. Quem beneficia? Ambos, já que alinhados atingirão mais facilmente o objetivo que partilham. Lembre-se: quantidade não é qualidade!


PROMOÇÃO

Já ouviu certamente a expressão “o imóvel já está queimado”… Se não ouviu, explicamos brevemente. Um imóvel que é repetidamente anunciado, promovido por muitas agências diferentes, com estratégias diferentes, até com preços diferentes, pode suscitar dúvidas. Imagine que o seu imóvel é promovido por várias e que algumas delas fazem-no com fotografias sem qualidade ou descrições desadequadas. Compreende que isso vai arruinar o bom trabalho que alguns podem ter feito e a imagem promocional que fica não é a melhor, certo? Pois, tudo junto, isso cria a tal desconfiança no potencial comprador. “O que se passará com este imóvel” é uma ideia que lhe vai passar pela cabeça e vai desviar a atenção dele para outras hipóteses. Isto já para não falar no potencial promocional de algumas marcas que trabalham em exclusivo; a RE/MAX + Grupo Vantagem, por exemplo, também é líder no digital e, através das redes sociais, só no mês de junho chegou a 1.017.000 pessoas (sim, leu bem, 1 milhão e dezassete mil). Isto falando apenas do meio digital; pois no offline a RE/MAX + Grupo Vantagem prima pela diversidade e qualidade dos materiais disponibilizados aos seus Consultores. E os Clientes sabem-no.


RIGOR 

Conhecer o imóvel como a palma da mão, saber todas as características de cor e transmiti-las de forma transparente é fundamental para potenciar o negócio. E um Consultor que não está 100% dedicado pode ter algumas lacunas quanto ao rigor da informação. Por outro lado, se várias Agências promovem o seu imóvel, fazem-no, certamente, de forma diferente. E isso também pode induzir o potencial comprador em erro – ou criar a tal dúvida. A promoção do seu imóvel deve-se pautar por informação rigorosa, clara e transparente; nomeadamente a localização exata que, em regimes de não exclusividade, não se divulga antes do agendamento da visita. Há até Consultores que agendam o encontro no exterior, em moradas diferentes da morada do imóvel, para dá-la a conhecer apenas mais tarde. Ora, um Consultor que “esconde” informação, está também a reduzir a probabilidade de êxito da transação e não é isso que o proprietário pretende.


Com estes argumentos, acreditamos já o ter esclarecido quanto à vantagem do exclusivo mas, acredite, há muitas mais. Ao contrário do que se pode pensar, não reduz a abrangência e a rede de contactos a que o seu imóvel chega, de todo! O regime exclusivo prevê – e bem – a partilha com outros parceiros, com outras agências, de forma a maximizar as hipóteses de concretizar o seu objetivo. E tudo isto aumenta também a qualidade do serviço prestado ao cliente proprietário, cuja necessidade de intervenção é obviamente menor.


Tem um imóvel para venda? Esclarecemos as suas dúvidas quanto à vantagem do exclusivo? Pois bem, contacte a RE/MAX + Grupo Vantagem e descubra o que podemos fazer pela sua casa.



A vantagem do exclusivo

dicas vender
regime aberto
regime de exclusividade imobiliária
regime fechado
vender casa
vender em exclusivo
vender imóvel
Grupo Vantagem em destaque no Dinheiro Vivo

Grupo Vantagem em destaque no Dinheiro Vivo

Imobiliário
Mercado
Dicas para angariar mais

Dicas para angariar mais

Imobiliário
Mercado
Imobiliário: será boa altura para vender?

Imobiliário: será boa altura para vender?

Imobiliário
Mercado
Vender Casa
Vantagem chega ao Parque das Nações

Vantagem chega ao Parque das Nações

Arrendamento
Comprar Casa
Emprego
Habitação
Imobiliário
Mercado
Recrutamento
Vender Casa